fbpx
Telefone: (11) 3536-2478 - (11) 99409-7274 contato@auraclara.com.br
Ela é uma forma integral de atuar da odontologia, que considera a profunda relação entre a saúde bucal e o corpo humano e visa o equilíbrio de todo o sistema metabólico.

Quando você pensa em dentista, o que te vem à mente? 

A maioria de nós resume suas idas ao consultório a colocar aparelhos para “ajeitar” os dentes e fazer limpezas para evitar cáries e canais. A Odontologia Biológica, além de realizar todos esses procedimentos, vai propor uma nova forma de entendermos nossa saúde bucal.

A proposta é praticar a odontologia de forma holística, preventiva, menos invasiva possível e com enfoque na individualidade do paciente. Por isso, o profissional da abordagem Biológica sempre vai se perguntar antes de agir:

  1. Qual a causa desse problema? 
  2. Como fazer a intervenção com menos efeitos colaterais possíveis?  

 

A Odontologia Biológica integra-se a práticas complementares como a acupuntura, a medicina tradicional chinesa, a terapia neural, entre outros. Isso faz com que ela considere a boca como uma espécie de mapa e espelho: todos os dentes possuem uma conexão com um órgão em nosso corpo, através dos meridianos que a Medicina Tradicional Chinesa mapeou. 

Assim, uma enfermidade nos dentes tem uma conexão direta com um órgão em nosso corpo. Um desalinhamento dos dentes também pode estar intimamente relacionado à nossa postura, ao nosso sono, à nossa anatomia e até questões emocionais. Assim, o tratamento proposto atua também sobre as causas, concomitantemente ao uso de aparelhos ou outras formas correcionais, para solucionar o problema em sua raiz.

É comum que o dentista trabalhe em conjunto com profissionais de outras disciplinas, pois juntos e de maneira complementar, eles integram seus saberes para “ler” a disfunção que o corpo está apresentando na boca, mas que expressa um desequilíbrio/tentativa de equilíbrio do corpo.

O dentista biológico acaba atuando de forma preventiva, buscando equilibrar o sistema como um todo. É por isso, também, que os profissionais se utilizam de materiais mais “naturais” e que não têm risco de intoxicação do corpo, como é o caso das amálgamas dentárias.

Ao invés de usar amálgamas com metais pesados (como chumbo e mercúrio), que são tóxicos para o ser humano, eles utilizam as feitas com cerâmica. A retirada de amálgamas de metal é uma prática comum da abordagem Biológica.

Uma outra característica dos dentistas biológicos é analisar a real necessidade de retirada dos sisos. Embora a retirada desses dentes tenha sido padrão nas últimas décadas, a Odontologia Biológica apenas retira os sisos caso eles estejam com problemas e causando desordens bucais.

Incrível, né? A Odontologia Biológica é muito interessante e está cada vez mais difundida. Se você ficou interessado em saber mais sobre ela, mande suas dúvidas por nossas redes sociais! Vamos adorar te responder. Até a próxima!