fbpx
Telefone: (11) 3536-2478 - (11) 99409-7274 contato@auraclara.com.br

Aprenda a usar essa ferramenta que vai te ajudar a identificar o que está sabotando seu sono reparador.

Quem nos acompanha já percebeu que, aqui no Instituto, a gente é fã de uma ferramenta chamada autopercepção.

A autopercepção nada mais é do que uma jornada de reconexão com nosso corpo, apurando nossos sentidos para aprender a distinguir o que se passa em nós mesmos.

É um processo que exige engajamento e trabalho, mas nos presenteia com recompensas duradouras e libertadoras, como autonomia, autoconhecimento e autoconfiança.

Navegando por esse caminho, resolvemos criar um diário do sono, uma ferramenta simples mas muito eficaz para:

  •  Te ajudar a perceber se seu sono está sendo reparador ou não;
  •  Auxiliar na percepção do que pode estar sabotando sua boa noite de sono;
  • Apontar o caminho para como melhorar o seu sono;

E por que falar do sono? A maioria de nós dorme menos do que deveria e isso tem impactos diretos na nossa saúde mental e física, já que o sono é um dos pilares fundamentais da saúde.

O primeiro passo rumo à implementação de qualquer mudança em nossa vida é a autopercepção. E o diário é uma ferramenta muito preciosa nesse processo, que pode ser um pouco confuso e difícil no começo, especialmente se estamos sozinhos. 

Vale a pena imprimir o diário, para conseguir preenchê-lo à mão de noite, sem precisar mexer em alguma tela quando estiver na cama. Fechado? então vamos lá!

Como usar meu diário

O diário é dividido em duas partes, uma para ser preenchida pela manhã, ao acordar, e outra à noite, no final do dia e antes de dormir. 

A ideia é que, com ele, você consiga avaliar:

  • Quantas horas está dormindo;
  • Se está acordando durante a noite;
  • Se a quantidade de horas que está dormindo são suficientes;
  • Como o seu sono impacta seu humor durante o dia;
  •  O que pode estar colaborando para sabotar seu momento de descanso;

A maioria das linhas pode ser preenchida com um ou dois números (exemplo: tomei 2 cafés no dia, dormi por 6 horas) mas há espaços para você descrever com adjetivos como estava seu humor durante o dia. 

Nesse espaço, embora haja sugestões, você pode se sentir livre para colocar o que de singular acontece com você. Por exemplo, caso sinta tonturas ou dores de cabeça que acha que podem estar relacionados a poucas horas de sono, anote. 

O diário do sono leva em consideração alguns aspectos como sua higiene do sono, a relação com sua saúde mental e física, conectando com os outros pilares da saúde como a alimentação e o exercício físico.

Para baixar gratuitamente seu diário, é só clicar aqui: https://drive.google.com/drive/folders/1gHVFVmT_n9NyhMA5Ar44691suo37Ou8L?usp=sharing 

Encaminhe esse link para as pessoas que você acredita que vão se beneficiar dessa ferramenta! Ele é gratuito e pode ser usado por qualquer pessoa em busca de dormir melhor. Conta para a gente se o diário ajudou você a dormir melhor!