fbpx
Telefone: (11) 3536-2478 - (11) 99409-7274 contato@auraclara.com.br

Como esse tubérculo milenar, usado no tratamento e prevenção de várias doenças, pode ser usado na culinária do dia-a-dia.

Hoje é dia de quadro novo em nosso blog: história das sementes! O que seria isso?

Mais do que contar a história sobre o que a humanidade conhece sobre uma semente determinada, a nossa ideia com essa seção é trazer um conhecimento sobre plantas medicinais, seus benefícios e usos e te dar dicas de como consumir elas na sua vida.

Com a vontade de estimular o olhar para o alimento e a horta como uma fonte de cura, nessa seção traremos informações sobre plantas que você consegue aqui no Brasil. Diversificando a dieta, procurando novas variedades de uma mesma espécie, você enriquece a sua nutrição e sua saúde, além de fortalecer a biodiversidade de muitas espécies!

Hoje, a escolhida para estrear essa série é um super alimento, que você provavelmente já ouviu falar: a cúrcuma! Ela também é chamada de açafrão-da-terra e curcuma longa e é conhecida da humanidade há muitos séculos: temos datação de seu uso na Índia a cerca de 4000 anos a.C.!

Ela é um tubérculo, tem um formato similar ao gengibre e vale muito a pena ter uma mudinha na sua horta. O momento da colheita pode ser visto pelas folhas, que dão seus sinais quando elas começam a amarelar.

Separamos alguns usos da cúrcuma para você!

 

Efeito:

Há muitos estudos correlacionando o uso da cúrcuma no tratamento e prevenção de doenças como diabetes, Alzheimer, diversos cânceres, especialmente o câncer de cólon. Alguns dos efeitos da cúrcuma são:

antiinflamatória

antimicrobiana

antioxidante

antiagregante

dermatológica

antiparasitário

inibidor da carcinogênese 

antifúngica

 

Uso:

Pode ser feito via ingestão (em pó ou fresco), tópico (usado na pele), em formato de óleo essencial e para tingimento.

 

Dica:
Usar a cúrcuma associada com pimenta preta aumenta a absorção da curcumina pelo corpo, que é seu principal ingrediente. Uma pitadinha de pimenta já faz toda a diferença.

 

Cuidado:

O uso da cúrcuma não é recomendado para gestantes, lactantes e crianças pois ela tem atividade abortiva. O uso também é contraindicado para pessoas alérgicas ou com sensibilidade à curcumina ou algum dos componentes da planta. Deve-se evitar o uso em pessoas com obstrução das vias biliares. O consumo excessivo de cúrcuma pode trazer problemas em diversas áreas da saúde, como aumentar a chance de pedras nos rins – por isso, cuidado com as quantidades.

 

Receita

É possível colocar a cúrcuma em diferentes alimentos, doces e salgados – no arroz, em ensopados e pratos com carne. Hoje vamos ensinar a fazer o Golden Milk.

O “leite dourado” é uma bebida tradicional da Ayurveda, que recebe esse nome por essa cor linda que tem, mas também pelos benefícios para a saúde que trás. É uma bebida de leite vegetal, quentinha, que combina muito com o inverno. Segue a receita para você testar!

Receita:

200ml de leite de coco

1 pitada de gengibre ralado

1 pitada de açafrão ralado (cúrcuma)

1 pitada de pimenta do reino preta ou cayena

1 pitada de cravo em pó ou canela

É opcional adoçar com uma colher de mel

 

Modo de fazer:

Bater no mixer e colocar para aquecer. Não precisa ferver.

 

Referências:

CURCUMA LONGA L., O AÇAFRÃO DA TERRA, E SEUS BENEFÍCIOS MEDICINAIS – Disponível em: https://www.revistas.unipar.br/index.php/saude/article/view/5871/0 

Who Shouldn’t Consume Curcumin or Turmeric? – Nutrition Facts – Disponível em: https://youtu.be/Ej5nCbp1UYQ

PARA QUE SERVE A CÚRCUMA? com Laura Pires | Vida Veda Responde #8 – Disponível em: https://youtu.be/qrNl1wa_4K8