fbpx
Telefone: (11) 3536-2478 - (11) 99409-7274 contato@auraclara.com.br

O sono é um verdadeiro mistério. Você já se perguntou o que acontece com o nosso corpo quando estamos dormindo? Com certeza você também ouviu falar sobre a importância de um sono reparador. Mas os grandes impactos que sofremos nesse último ano abalaram também nossa capacidade de dormir. Seja pelo excesso ou pela falta de sono, muitas pessoas tiveram um prejuízo enorme à sua saúde.

 

Alguns dos distúrbios mais comuns no sono: 

  1. Insônia: dificuldade para dormir, passar horas deitado sem conseguir relaxar.
  2. Sono fragmentado: fica acordando no meio da noite para comer ou ir ao banheiro. 
  3. Dormir muitas horas: sempre passa da hora do despertador, o caso específico de quem dorme profundamente por 10 horas ou mais.  
  4. Sono não reparador: acorda sempre cansado, com vontade de dormir mais um pouco.

 

Se identificou com algum deles? Se sim, calma! Esses problemas se tornaram mais comuns durante a pandemia. É muito provável que você conheça alguém que esteja passando pelo mesmo. Continua com a gente que temos muito que conversar. 

 

Partindo do princípio que o sono é um pilar da saúde, existiria uma ligação direta dele com nossa saúde mental? Estamos acostumados a entender que certos processos, como a depressão, a ansiedade e o estresse, interferem na capacidade de dormir, atrapalhando-a. Mas e o caminho contrário? A má qualidade do sono pode nos levar a desenvolver transtornos psíquicos? As conclusões ainda não são claras. Em um artigo de 2014,  pesquisadores analisam a literatura disponível sobre o assunto e concluem: apesar da relação bem documentada, “é impossível determinar se o sono causa problemas de saúde mental, se os problemas de saúde mental causam dificuldade em dormir ou se o efeito é bidirecional por natureza”. (tradução livre). 

 

No entanto, ainda temos outras pistas sobre o assunto. Sabemos, por exemplo, que pessoas não deprimidas que sofrem de insônia têm uma chance duas vezes maior de desenvolver depressão do que outras com o sono em dia. Essa conclusão, feita em um estudo publicado no Journal of Affective Disorders, considera inclusive que tratar a insônia pode ser uma forma de tratamento precoce contra a depressão na população. Para além desses distúrbios, a insônia e o cansaço dela derivado, gera fadiga, irritação, dores de cabeça e perda de motivação. O que torna o cotidiano muito mais desgastante. Acho que isso, todos nós já experimentamos, não?

 

Há ainda um aspecto fundamental relacionado ao sono e à saúde mental: os sonhos. Em uma entrevista, o neurocientista Sidarta Ribeiro fala como o sonho ruim, ou seja, a capacidade de sonhar prejudicada, prejudica a memória. Ele ainda alerta: o período do sono REM, no qual a maioria dos sonhos acontecem, é fundamental para atenuar o impacto de vivências negativas. 

 

Sidarta, que é autor do livro Oráculo da Noite (Companhia das Letras), também diz que desenvolver intimidade com nossos sonhos nos ajuda a elaborar melhor nossos problemas em estado de vigília, já que nos torna mais capazes de imaginar soluções e traçar outras lógicas de pensamento. Isso se relaciona diretamente com nossa saúde mental, especialmente nesse momento difícil de incertezas, certo? Se esse assunto foi interessante e te ajudou a abrir um pouco o pensamento sobre o sono, deixe um feedback para o Instituto. Vamos transformar isso numa conversa?

 

Referências: 

Insomnia as a predictor of depression: A meta-analytic evaluation of longitudinal epidemiological studies – disponível em: https://www.sciencedirect.com/science/article/abs/pii/S0165032711000292?via%3Dihub 

Does improving sleep lead to better mental health? A protocol for a meta-analytic review of randomised controlled trials – disponível em: https://bmjopen.bmj.com/content/7/9/e016873 

Insônia aumenta risco de depressão, ansiedade e problemas cardiovasculares – disponível em: https://agora.folha.uol.com.br/sao-paulo/2021/03/insonia-aumenta-risco-de-depressao-ansiedade-e-problemas-cardiovasculares.shtml

O papel dos sonhos na nossa vida e até na saúde: https://saude.abril.com.br/mente-saudavel/como-os-sonhos-podem-interferir-na-saude-fisica-e-mental/

WhatsApp
Olá, tudo bem?
Ficou interessado em alguns dos nossos produtos?
Fale conosco através do WhatsApp.