fbpx
Telefone: (11) 3536-2478 - (11) 99409-7274 contato@auraclara.com.br

Como a técnica é utilizada no diagnóstico de alterações fisiológicas e na prevenção de distúrbios na saúde

 

Quando falamos em exames, a maioria de nós pensa naqueles mais populares que já realizou em vida, como colher sangue, tirar um raio-x ou fazer um exame de urina. Cada um deles tem suas particularidades – alguns trazem um aspecto de desconforto, como a dor no caso dos exames de sangue e a radiação emitida pelos raio-x.

Agora, imagina uma técnica diagnóstica não-invasiva, simples, sem contraindicações, que pode ser realizada quantas vezes quisermos porque não emite radiação na hora de captar sua imagem?

Essa técnica é a termografia! Parece incrível, né? E é! A ideia de popularizar a termografia médica é muito estimulante por essas características dela que citamos. Agora, no que ela consiste?

Como o próprio nome sugere, o exame de termografia se guia pela temperatura de um corpo. O corpo pode ser humano ou não – nós vamos nos focar nos usos para a saúde humana, que são chamados de termografia médica. O princípio da termografia é captar a luz infravermelha emitida pela pele e com isso, indicar alterações fisiológicas em determinada área. 

O corpo humano é capaz de manter a temperatura corporal independente do ambiente externo – essa capacidade é chamada de termorregulação. Se uma área está mais fria ou mais quente do que deveria em funcionamento normal, isso indica uma alteração fisiológica de alguma ordem.

Dores, inflamações, toda alteração no nosso corpo vem acompanhada de uma mudança na temperatura corporal. A termografia pode tanto “tirar uma foto” de uma dor já conhecida sua de determinada área, como pode captar alterações metabólicas que ainda não surtiram um efeito perceptível para você. Isso faz com que ela tenha um caráter preventivo, captando alterações no metabolismo antes de se manifestarem em sintomas graves.

É possível, por exemplo, através da termografia, identificar alterações como disbioses intestinais (inflamações do intestino), sono não reparador, infecções dentárias e até estrogenização, que é o excesso de hormônio feminino em um homem.

A termografia médica é muito usada na Medicina dos Esportes, para tratamento de atletas e de lesões. É uma técnica confiável que produz uma espécie de fotografia da superfície corporal, que deve ser lida por um especialista no assunto. 

Não é recomendado fazer da termografia a única ferramenta de diagnóstico, já que os exames clínicos são complementares em suas limitações e potencialidades. Vale a pena recorrer ao seu médico para fazer o uso da termografia associado a outras formas de exames clínicos! Vamos agora a alguns benefícios da técnica:

Quais os benefícios da termografia?
  • Técnica confiável;
  • Não invasiva;
  • Não emite radiação – pode ser feita várias vezes;
  • Não é dolorida nem possui contra indicação;
  • Tem caráter preventivo e de monitoramento;
  • Capta alterações relacionados ao fluxo sanguíneo, sejam elas de ordem muscular, neurológica, vascular, ortopédica entre muitas outras.

Gostou? Comenta para a gente o que mais você gostaria de saber sobre essa técnica incrível que é a termografia!

 

Referências:
Termografia médica infravermelha aplicada à medicina do esporte – Disponível em: https://www.scielo.br/j/rbme/a/CxYgWLRqL4YKZsPR757NyVC/?format=pdf&lang=pt